Search
  • Expo Ensino

Você já ouviu falar sobre Aprendizagem Criativa?



Complexa, intensa, volátil, incerta e desafiadora - esta é a era em que vivemos. O dia a dia marcado por uma avalanche de informações e constantes mudanças políticas e culturais impacta - como nunca - as relações de trabalho e a nossa maneira de estar no mundo.


Os desafios para os profissionais atuais são muito mais complexos do que em outras décadas. As necessidades das empresas - e dos próprios indivíduos - transformam-se rapidamente.


Nesse contexto, uma das esferas de maior impacto nas sociedades é a educacional. O que aprendemos na escola de fato contempla o desenvolvimento de habilidades fundamentais para as novas dinâmicas? Quando nos formamos no ensino médio, estamos preparados para entender o mercado de trabalho e traçar um caminho inicial? E quando finalizamos a graduação: as vivências e competências dialogam com as relações de trabalho e os anseios dos mercados?

Pesquisadores de todo o mundo afirmam que as próximas décadas serão marcadas por um novo modus operandi: a necessidade de um contínuo aprendizado, tanto para o âmbito profissional quanto para o bem-estar pessoal.


Uma das referências nesta área de estudo é o cientista e educador Seymour Papert que propôs uma nova forma de aprendizagem. A experiência como professor de matemática o levou a criar o software Logo, na década de 1960, no qual as crianças apropriavam-se da linguagem e do raciocínio dos programadores para pensar como matemáticos, e não somente realizar operações matemáticas.


Seymour Papert acreditava que o sistema educacional não desenvolvia homens e mulheres críticos e criativos e que era preciso torná-lo ativo e integrado aos artefatos tecnológicos. Os estudos de Papert inspiraram a criação do movimento da Aprendizagem Criativa, desenvolvido no MIT Media Lab (Massachusetts Institute of Technology), no núcleo Lifelong Kindergarten, cujos pilares são os 4 Ps:


Projects (projeto)


A aprendizagem é muito mais significativa quando engajada em um projeto real e relevante para aqueles que estão envolvidos, no qual é possível planejar, pesquisar, prototipar, com sorte errar e aprimorar a solução.


Passion (paixão)


A paixão é o combustível para a aprendizagem criativa: quando nos conectamos a um tema, nos dedicamos mais e enfrentamos desafios de maneira mais persistente


Peers (pares)


O conhecimento é construído de forma coletiva - sempre. Por isso, o compartilhamento de ideias e a cooperação são transformadores para o desenvolvimento do projeto e, consequentemente, da aprendizagem.


Play (pensar brincando)


Quando brincamos, o erro não é algo ruim: apenas uma etapa. Um processo mais lúdico impulsiona a criatividade e permite prototipar ideias.



Lifelong Kindergarten disponibiliza um curso online e gratuito sobre aprendizagem criativa.


Além de um canal no youtube com pesquisadores do mundo todo.




Nós da Expo Ensino acreditamos em um mundo com pessoas ativas, críticas e, como disse o grande dramaturgo norte americano Alan Alda, corajosas o suficiente para viver uma vida criativa!





Por Carolina Jansen

72 views0 comments

Recent Posts

See All

Termina hoje prazo para adesão de universidades ao Sisu

Procedimentos devem ser feitos pelo site Sisu Gestão Termina hoje (23) o prazo de adesão de instituições públicas de educação superior ao primeiro processo seletivo de 2021 do Sistema de Seleção Unifi

Desenvolvido por 

CONTATO

ENDEREÇO

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
R. Maestro Luís de Túlio, 228
Vila Brandina
Campinas – SP
CEP 13092-558

​Todos os direitos reservados ©​