#EUNÃOACERTEIDEPRIMEIRA

Tudo bem não passar de primeira!

Eu me lembro como se fosse hoje o trote da #unesp, tinha entrado direto em #educaçãofisica. Nunca tinha ido pra Rio Claro antes e aquela seria a cidade que eu iria morar. Os primeiros meses foram empolgantes mas logo vi que aquilo não era pra mim. Por "sorte" a universidade entrou em greve. Fui então estagiar com minha prima advogada...talvez seja direito minha vocação. Em alguns meses percebi que aquilo não era pra mim. No fim do ano entrei no curso de administração e achei que tivesse me encontrado. Hoje, 8 anos após minha formatura, trabalho com educacao, estou aprendendo programação, design e contabilidade. Já fiz pos em neuromarketing e branding e sei que a caminhada é longa. Passei a me realizar quando entendi que a profissão é uma construção diária e não uma decisão que tomei aos 17 anos.

Thais GargantiniCEO

Eu também errei.... fiz publicidade e me matei trabalhando em agência. Quando voltei a estudar pra ser professora de artes me senti realizada e trabalhando com crianças pequenas numa classe Montessori também . Mas completa mesmo eu me sinto como mãe 😉

Juliana Garcia CentolaProfessora

Saindo do colegial escolhi ir para as exatas. Fui fazer engenharia agrícola na Unicamp. Fiz alguns anos de curso, mas nunca realmente me encontrei lá dentro. Resolvi fazer um teste. Comecei o curso de jornalismo paralelamente a engenharia. Em poucas semanas percebi que o jornalismo tinha muito mais a ver comigo. Não pensei duas vezes, deixei para trás a Unicamp e agora, 4 anos depois, me formei em jornalismo.

Rafael Dall'AneseJornalista